terça-feira, 14 de novembro de 2017

Maratona do Porto 2017



Chega o mês de Novembro e é tempo de correr a Maratona do Porto!

Pelo 5º ano consecutivo, a “equipa” do PelaEstradaFora rumou à cidade do Porto para participar na chamada prova rainha de estrada.

As duas primeiras participações, em 2013 e 2014, foram ainda no anterior percurso, com partida junto ao Pavilhão Rosa Mota, com a alucinante descida da Avenida da Boavista, onde se ganhava uns minutos preciosos para gerir no restante percurso da prova.

Desde 2015, partida e chegada da Maratona  situam-se no Queimódromo do Parque da Cidade, sendo a parte inicial da prova constituída por umas voltas e reviravoltas em torno do Parque da Cidade e Zona industrial de Matosinhos, onde se dá o primeiro retorno.

Após essa fase inicial, a Maratona dirige-se para o Porto de Leixões, regressando para sul após um segundo retorno.

Regresso de Matosinhos. Foto: Maria João
Segue então para o Porto pela marginal junto ao mar, entrando pela margem direita do Rio Douro rumo nascente até à zona da Ribeira e Ponte D. Luís.
Zona da Ribeira e Ponte D. Luís
Devido à sinuosidade do Rio Douro naquela zona, a paisagem vai variando a cada quilómetro que passa, distraindo e ajudando a passar o tempo, fazendo esquecer os quilómetros que falta percorrer.

Na Ponte D. Luís faz-se a travessia para Gaia, seguindo para poente até à Afurada onde se dá o terceiro retorno em direcção à Ponte D. Luís. 
Segue-se então novamente para Nascente, serpenteando junto ao rio, passando por baixo de, praticamente todas as pontes da cidade.
Novo retorno, o quarto, aos 31 quilómetros, iniciando definitivamente o sprint para a meta.

Estes últimos 11 quilómetros são a “prova dos nove” do maratonista! Chega a fase em que começam a surgir, o cansaço, o esgotamento, as lesões mal curadas, o mau humor, enfim, a clara noção de que a maratona devia ficar-se, no máximo, pelos 35 quilómetros! 
Já li algures que, o percurso efectuado pelo soldado ateniense Fidípides, a cidade grega de Maratona dista de Atenas cerca de 35 quilómetros e não os agora 42 da prova moderna…(https://en.wikipedia.org/wiki/Marathon).

Em termos pessoais, estava bem melhor do que no ano passado, sem qualquer lesão ou maleita, o que me permitiu encarar a prova com serenidade.
Desde início controlei o ritmo, mantendo alguma pressão, todavia nunca exagerando, sabendo que nos últimos 10 quilómetros se paga a factura de um início acima das possibilidades.

Cerca do quilómetro 35 alcanço o colega de equipa, Paulo Amaro e seguimos juntos até praticamente à linha da meta.
Foto: www.running-photos.com
Os últimos 300 metros, sendo a subir, não me cativaram propriamente para aumentar o ritmo, deixando escapar o colega de equipa que, terminou 16 segundos à minha frente!
Fiquei no entanto muito satisfeito comigo próprio, uma vez que duas semanas antes, no Trail Serra da Lousã – 55K, a diferença entre ambos tinha sido de 1h12m! ☺

Tempos da equipa (tempo “chip”):
Paulo Amaro: 03:22:09
Paulo Oliveira: 03:22:25

Até para o ano, Maratona do Porto!

Paulo Amaro: 03:22:09
Paulo Oliveira: 03:22:25

Chegada à meta. Foto: www.running-photos.com

Expo Maratona - "Pasta Party"


Expo Maratona - Paulo Amaro
Expo Maratona - Paulo Oliveira

Os dois Finishers de medalha ao peito :)

Paulo Amaro - Tempos de passagem

Paulo Oliveira - Tempos de passagem


4 comentários:

  1. Muitos parabéns! Grandes marcas!!!

    Um abraço e boas corridas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Campeão!
      Parabéns também pela tua excelente prova!
      Um abraço e boas corridas

      Excluir
  2. Isso é que foi uma equipa compacta!

    Parabéns!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma verdadeira "squadra"☺ Obrigado e um abraço

      Excluir